AMIGOS3

CARTÃO

amigos 3

CARTÃO

CARTÃO

Google+ Badge

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

EVANGELHO DIÁRIO ARAUTOS DO EVANGELHO

Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017.
Santo do dia: Santo Inácio de Santhià Belvisotti, presbítero
Cor litúrgica: verde
Evangelho do dia: São Lucas 8, 1-3
Primeira leitura: Timóteo 6, 2-12
Leitura da Primeira Carta de São Paulo a Timóteo:
Caríssimo: 2cEnsina e recomenda estas coisas. 3Quem ensina doutrinas estranhas e discorda das palavras salutares de Nosso Senhor Jesus Cristo e da doutrina conforme à piedade, 4é um obcecado pelo orgulho, um ignorante que morbidamente se compraz em questões e discussões de palavras. Daí é que nascem invejas, contendas, insultos, suspeitas, 5porfias de homens com mente corrompida e privados da verdade que fazem da piedade assunto de lucro. 6Sem dúvida, grande fonte de lucro é a piedade, mas quando acompanhada do espírito de desprendimento. 7Porque nada trouxemos ao mundo como tampouco nada poderemos levar. 8Tendo alimento e vestuário, fiquemos satisfeitos. 9Os que desejam enriquecer, caem em tentação e armadilhas, em muitos desejos loucos e perniciosos que afundam os homens na perdição e na ruína. 10A raiz de todos os males é a cobiça do dinheiro. Por se terem deixado levar por ela, muitos se extraviaram da fé e se atormentam a sim mesmos com muitos sofrimentos. 11Tu que és um homem de Deus, foge das coisas perversas, procura a justiça, a piedade, a fé, o amor, a firmeza, a mansidão. 12Combate o bom combate da fé, conquista a vida eterna, para a qual foste chamado e pela qual fizeste tua nobre profissão de fé diante de muitas testemunhas.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Salmo 48 (49)
- Por que temer os dias maus e infelizes, quando a malícia dos perversos me circunda? Por que temer os que confiam nas riquezas e se gloriam na abundância de seus bens?
R: Felizes os humildes de espírito, porque deles é o Reino dos céus.
- Ninguém se livra de sua morte por dinheiro nem a Deus pode pagar o seu resgate. A isenção da própria morte não tem preço; não há riqueza que a possa adquirir, nem dar ao homem uma vida sem limites e garantir-lhe uma existência imortal.
R: Felizes os humildes de espírito, porque deles é o Reino dos céus.
- Não te inquietes, quando um homem fica rico e aumenta a opulência de sua casa; pois ao morrer não levará nada consigo, nem seu prestígio poderá acompanhá-lo.
R: Felizes os humildes de espírito, porque deles é o Reino dos céus.
- Felicitava-se a si mesmo enquanto vivo: 'Todos te aplaudem, tudo bem, isto que é vida!' Mas vai-se ele para junto de seus pais, que nunca mais e nunca mais veróo a luz!
R: Felizes os humildes de espírito, porque deles é o Reino dos céus.
Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 8, 1-3
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, pois revelaste os mistérios do teu reino aos pequeninos, escondendo-os aos doutores! (Mt 11,25);
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:
Naquele tempo: 1Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa Nova do Reino de Deus. Os doze iam com ele; 2e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios; 3Joana, mulher de Cuza, alto funcionário de Herodes; Susana, e várias outras mulheres que ajudavam a Jesus e aos discípulos com os bens que possuíam.
- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor
Comentário do dia por São João Paulo II (1920-2005), Papa 
«Mulieris dignitatem», § 27
 «Acompanhavam-no os Doze, bem como algumas mulheres»
Na história da Igreja, desde os primeiros tempos, existiram — ao lado dos homens — numerosas mulheres, para as quais a resposta da Esposa ao amor redentor do Esposo adquiriu plena força expressiva. Vemos primeiro aquelas mulheres que tinham conhecido pessoalmente a Cristo, O tinham seguido e, depois da sua partida, juntamente com os apóstolos, «eram assíduas na oração» no cenáculo de Jerusalém até ao dia do Pentecostes. Naquele dia, o Espírito Santo falou por meio dos «filhos e filhas» do Povo de Deus [...] (cf At 2,17). Aquelas mulheres, e a seguir muitas outras, tiveram parte ativa e importante na vida da Igreja primitiva, na edificação, desde os seus fundamentos, da primeira comunidade cristã — e das comunidades que se seguiram —, mediante os seus carismas e o seu multiforme serviço. [...] O apóstolo fala das suas «fadigas» por Cristo, e estas indicam os vários campos de serviço apostólico da Igreja, a começar pela «Igreja doméstica». Nesta, de facto, a «fé sincera» passa da mãe para os filhos e os netos, como se verificou em casa de Timóteo (cf 2Tim 1,5).

O mesmo se repete no decorrer dos séculos, de geração em geração, como demonstra a história da Igreja. A Igreja, com efeito, defendendo a dignidade da mulher e a sua vocação, expressou honra e gratidão por aquelas que — fiéis ao Evangelho — em todo o tempo participaram na missão apostólica do Povo de Deus. Trata-se de santas mártires, de virgens, de mães de família, que corajosamente deram testemunho da sua fé e, educando os próprios filhos no espírito do Evangelho, transmitiram a mesma fé e a tradição da Igreja. [...] Mesmo diante de graves discriminações sociais, as mulheres santas agiram de «modo livre», fortalecidas pela sua união com Cristo. [...]

Também nos nossos dias a Igreja não cessa de se enriquecer com o testemunho das numerosas mulheres que realizam a sua vocação à santidade. As mulheres santas são uma personificação do ideal feminino, mas são também um modelo para todos os cristãos, um modelo de «sequela Christi», um exemplo do amor com que a Esposa deve responder ao amor do Esposo.

NOVENA A SANTA TERESINHA PRIMEIRO DIA- ARAUTOS DO EVANGELHO

 

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

ORAÇÃO AO PAI DAS MISERICÓRDIAS


Oração ao Pai das Misericórdias

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi a súplica confiante que Vos apresentamos neste momento (fazer o pedido).

Acolhei este povo que vem, cheio de fé e esperança, ao Vosso Santuário. Consolai os aflitos, socorrei os necessitados, enxugai as lágrimas aqui derramadas. Amparai os fracos e recebei em Vossos braços paternos este filho pródigo que volta para Vós. Dai-nos a graça de sermos instrumentos da Vossa misericórdia na vida dos nossos irmãos, para que assim o Vosso nome seja amado em nossa família e em nossa nação. Tudo isso Vos pedimos por Vosso Filho Jesus Cristo, que convosco vive e reina na unidade do Espírito Santo. Amém.

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi-nos!

SALMO 142- ORAÇÃO DE DAVI


Salmo 142 -Oração de Davi

Com minha voz eu clamo a Javé,
imploro a Javé com minha voz.
Diante dele derramo meu lamento,
à sua frente manifesto minha angústia.
Enquanto meu espírito desfalece,
vós conheceis o meu caminho.
Na trilha em que eu andava
me esconderam uma cilada.
Olhai à direita e vede, ninguém
me reconhece.
Não tenho para onde fugir,
ninguém cuida da minha vida.
Clamo a vós Javé, e digo:"Sois meu refúgio,
sois minha porção na terra dos vivos".
Sede atento ao meu clamor,
porque estou extenuado.
Livrai-me dos meus perseguidores,
pois são mais fortes do que eu.
Retirai-me da prisão,
para que eu celebre vosso nome;
os justos virão me rodear,
quando me fizerdes este bem.

Postado por Claudia Protti-Bíblia Sagrada de Aparecida

EVANGELHO DIÁRIO ARAUTOS DO EVANGELHO

Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017.
Santo do dia: São Mateus, Apóstolo e Evangelista; Santa Maura, virgem
Cor litúrgica: vermelho
Evangelho do dia: São Mateus 9, 9-13
Primeira leitura: Efésios 4, 1-7.11-13
Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios:
Irmãos: 1Eu, prisioneiro no Senhor, vos exorto a caminhardes de acordo com a vocação que recebestes: 2Com toda a humildade e mansidão, suportai-vos uns aos outros com paciência, no amor. 3Aplicai-vos a guardar a unidade do espírito pelo vínculo da paz. 4Há um só Corpo e um só Espírito, como também é uma só a esperança à qual fostes chamados. 5Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo, 6um só Deus e Pai de todos, que reina sobre todos, age por meio de todos e permanece em todos. 7Cada um de nós recebeu a graça na medida em que Cristo lha deu. 11E foi ele quem instituiu alguns como apóstolos, outros como profetas, outros ainda como evangelistas, outros, enfim, como pastores e mestres. 12Assim, ele capacitou os santos para o ministério, para edificar o corpo de Cristo, 13até que cheguemos todos juntos à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, ao estado do homem perfeito e à estatura de Cristo em sua plenitude.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Salmo 18 (19A)
- Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento, a obra de suas mãos; o dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia.
R: Seu som ressoa e se espalha em toda a terra.
- Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz.
R: Seu som ressoa e se espalha em toda a terra.
Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 9, 9-13
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- A vós, ó Deus, louvamos, a vós, Senhor, cantamos; vos louva, ó Senhor, o coro dos apóstolos.
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:
Naquele tempo, 9Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: 'Segue-me!' Ele se levantou e seguiu a Jesus. 10Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus, vieram muitos cobradores de impostos e pecadores e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos. 11Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos discípulos: 'Por que vosso mestre come com os cobradores de impostos e pecadores?' 12Jesus ouviu a pergunta e respondeu: 'Aqueles que têm saúde nóo precisam de médico, mas sim os doentes. 13Aprendei, pois, o que significa: `Quero misericórdia e não sacrifício'. De fato, eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores'.
- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor
Comentário do dia por Bento XVI, Papa de 2005 a 2013
Audiência geral de 30/08/06 (© Libreria Editrice Vaticana)

São Mateus: convertido, apóstolo, evangelista
«Levantou-se e seguiu Jesus». A concisão da frase põe claramente em evidência a prontidão com que Mateus respondeu à chamada. Para ele, tal significava tudo abandonar, sobretudo aquilo que lhe garantia uma fonte segura de rendimentos, embora fosse desonrosa e muitas vezes injusta. Mateus compreendeu que a intimidade com Jesus o impedia de manter uma atividade desaprovada por Deus. Facilmente se tira daqui uma lição para o presente: também hoje é inadmissível o apego a coisas incompatíveis com a caminhada de seguir Jesus, como é o caso das riquezas desonestas. Ele próprio o disse sem rodeios: «Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que possuis, dá-o aos pobres e terás um tesouro nos céus. Depois vem e segue-Me» (Mt,19,21). Foi o que fez Mateus: «Levantou-se e seguiu Jesus». Neste «levantou-se», conseguimos ler um nítido repúdio pela situação de pecado e simultaneamente a adesão consciente a uma existência nova, reta, em comunhão com Jesus.
Recordemos que a tradição da Igreja atribui unanimemente a Mateus a paternidade do primeiro Evangelho. Já Papias, bispo de Hierápoles, na Frígia, o tinha dito, cerca do ano 130: «Mateus verteu as palavras [do Senhor] em língua hebraica, e cada um as interpretou como podia» (Eusébio de Cesareia, «Hist. Ecl.» III, 39, 16). O historiador Eusébio acrescenta esta informação: «Mateus, que primeiro pregara entre os judeus, quando a certa altura decidiu ir também evangelizar outros povos, escreveu na língua materna o Evangelho que anunciava; procurou deste modo recompensar aqueles de quem se separava, substituindo pela escrita o que perdiam com a sua partida» (III, 24, 6). Já não possuímos o Evangelho escrito por Mateus em hebraico ou aramaico, mas no Evangelho grego que chegou até nós continuamos a ouvir, de alguma maneira, a voz persuasora do publicano Mateus, que, tornado apóstolo, continua a anunciar-nos a misericórdia salvífica de Deus, e escutamos essa mensagem, nela meditando sempre de novo, para aprendermos, também nós, a levantarmo-nos e a seguir Jesus com determinação.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

A NATUREZA AMA A SIMPLICIDADE- PAULO ROBERTO GAEFKE

"A natureza ama a simplicidade". Kepler (1619)

Nada mais complicado do que amar a simplicidade.

As pessoas cada vez mais buscam o "rococó", a "frescura" exagerada dos cheiros, das cores, das comidas, dos carros...

Nada pode ser simples para quem quer vender, e pior ainda, para quem quer comprar. 
E como tem gente comprando quinquilharias!

Amar a simplicidade é acordar leve, é dormir sem demora...

Amar a simplicidade é beijar os filhos, ou os gatos...

Amar a simplicidade é não fazer drama, se acabou o gás e se tiver quintal, faça uma fogueira, se for apto, use o microondas.

Amar a simplicidade é fazer amor sem pressa, ou apressadamente pelo êxtase do momento.

Amar a simplicidade é o seu velho pijama, aquele moletom já surrado, rasgado, mas tão gostoso...

Amar a simplicidade é ter a fé inabalável de que nunca estamos sozinhos, ainda que o deserto pareça tão grande.
Amar a simplicidade é acordar e dizer bom dia para tudo e para todos.

Menos é sempre mais, menos o tempo de vida, que as vezes, mais é bem melhor.

Ame a simplicidade e faça dela um hábito, o estranho hábito de ser feliz com muito pouco.
Ame-se!

Padre Anderson Guerra de Andrade 21 08 17 Santa Missa

EVANGELHO DIÁRIO ARAUTOS DO EVANGELHO- ACENDA SUA VELA A SÃO PIO DE PIETRELCINA

Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017.
Santo do dia: Santos André Kim Tae-gon, presbítero, Paulo Chong Ha-sang e companheiros, mártires; Beato Tomás Johnson, presbítero e mártir
Cor litúrgica: vermelho
Evangelho do dia: São Lucas 7, 31-35
Primeira leitura: Timóteo 3, 14-16
Leitura da Primeira Carta de São Paulo a Timóteo:
Caríssimo: 14Escrevo com a esperança de ir ver-te em breve. 15Se tardar, porém, quero que saibas como proceder na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e fundamento da verdade. 16Não pode haver dúvida de que é grande o mistério da piedade: Ele foi manifestado na carne, foi justificado no espírito, contemplado pelos anjos, pregado às nações, acreditado no mundo, exaltado na glória!
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Salmo 110 (111)
- Eu agradeço a Deus de todo o coração junto com todos os seus justos reunidos! Que grandiosas são as obras do Senhor, elas merecem todo o amor e admiração!
R: Grandiosas são as obras do Senhor!
- Que beleza e esplendor são os seus feitos! Sua justiça permanece eternamente! O Senhor bom e clemente nos deixou a lembrança de suas grandes maravilhas.
R: Grandiosas são as obras do Senhor!
- Ele dá o alimento aos que o temem e jamais esquecerá sua Aliança. Ao seu povo manifesta seu poder, dando a ele a herança das nações.
R: Grandiosas são as obras do Senhor!
Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 7, 31-35
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- Senhor, tuas palavras são espírito, são vida; só tu tens palavras de vida eterna (Jo 6,63.68);
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:
Naquele tempo, disse Jesus: 31Com quem hei de comparar os homens desta geração? Com quem eles se parecem? 32São como crianças que se sentam nas praças, e se dirigem aos colegas, dizendo: 'Tocamos flauta para vós e não dançastes; fizemos lamentações e não chorastes!' 33Pois veio João Batista, que não comia pão nem bebia vinho, e vós dissestes: 'Ele está com um demônio!' 34Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e vós dizeis: 'Ele é um comilão e beberrão, amigo dos publicanos e dos pecadores!' 35Mas a sabedoria foi justificada por todos os seus filhos.'
- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor
Comentário do dia por São Basílio
Monge, Bispo de Cesareia da Capadócia, doutor da Igreja
«Prólogo às Regras Maiores»
Deus convida-nos incansavelmente à conversão
Irmãos, não nos deixemos ficar na indiferença e no desleixo; não adiemos sempre para amanhã ou para mais tarde, com ligeireza, o momento de pormos mãos à obra. «É este o tempo favorável, é este o dia da salvação», diz o apóstolo Paulo (2Cor 6,2). Agora é o tempo da penitência, mais tarde será o da recompensa; o presente é o tempo da perseverança, e um dia virá o da consolação. Agora, Deus vem em auxílio daqueles que se afastam do mal; mais tarde, Ele será o juiz dos atos, das palavras e dos pensamentos dos homens. Hoje, usufruímos da sua paciência; conheceremos a justiça dos seus julgamentos no momento da ressurreição, quando cada um de nós receber consoante as obras realizadas.

Até quando adiaremos a nossa obediência a Cristo, que do seu Reino celeste nos interpela? Não desejamos a nossa purificação? Quando nos decidiremos a abandonar o tipo de vida que levamos, para seguirmos o Evangelho até ao extremo?

terça-feira, 19 de setembro de 2017

EVANGELHO DIÁRIO ARAUTOS DO EVANGELHO

Terça-feira, 19 de Setembro de 2017.
Santo do dia: São Januário, Bispo e mártir; Beata Francisca Cualladó Baixauli, virgem e mártir
Cor litúrgica: verde
Evangelho do dia: São Lucas 7, 11-17
Primeira leitura: Timóteo 3, 1-13
Leitura da Primeira Carta de São Paulo a Timóteo:
Caríssimo: 1Eis uma palavra verdadeira: quem aspira ao episcopado, saiba que está desejando uma função sublime. 2Porque o epíscopo tem o dever de ser irrepreensível, marido de uma só mulher, sóbrio, prudente, modesto, hospitaleiro, capaz de ensinar. 3Não deve ser dado a bebidas nem violento mas condescendente, pacífico, desinteressado. 4Deve saber governar bem sua casa, educar os filhos na obediência e castidade. 5Pois, quem não sabe governar a própria casa, como governará a Igreja de Deus? 6Não pode ser um recém-convertido para não acontecer que, ofuscado pela vaidade, venha a cair na mesma condenação que o demônio. 7Importa também que goze de boa consideração da parte dos de fora para que não se exponha à infâmia e caia nas armadilhas do diabo. 8Do mesmo modo os diáconos devem ser pessoas de respeito, homens de palavra, não inclinados à bebida, nem a lucro vergonhoso. 9Possuam o mistério da fé junto com uma consciência limpa. 10Antes de receber o cargo sejam examinados; se forem considerados dignos, poderão exercer o ministério. 11Também as mulheres devem ser honradas sem difamação mas sóbrias e fiéis em tudo. 12Os diáconos sejam maridos de uma só mulher, e saibam dirigir bem os seus filhos e a sua própria casa. 13Pois os que exercem bem o diaconato, recebem uma posição de estima e muita liberdade para falar da fé em Cristo Jesus.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Salmo 100 (101)
- Eu quero cantar o amor e a justiça, cantar os meus hinos a vós, ó Senhor! Desejo trilhar o caminho do bem, mas quando vireis até mim, ó Senhor?
R: Viverei na pureza do meu coração!
- Viverei na pureza do meu coração, no meio de toda a minha família. Diante dos olhos eu nunca terei qualquer coisa má, injustiça ou pecado.
R: Viverei na pureza do meu coração!
- Farei que se cale diante de mim quem é falso e às ocultas difama seu próximo; o coração orgulhoso, o olhar arrogante não vou suportar e não quero nem ver.
R: Viverei na pureza do meu coração!
- Aos fiéis desta terra eu volto meus olhos; que eles estejam bem perto de mim! Aquele que vive fazendo o bem será meu ministro, será meu amigo.
R: Viverei na pureza do meu coração!
Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 7, 11-17
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- Um grande profeta surgiu entre nós, e Deus visitou o seu povo (Lc 7,16);
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:
Naquele tempo: 11Jesus dirigiu-se a uma cidade chamada Naim. Com ele iam seus discípulos e uma grande multidão. 12Quando chegou à porta da cidade, eis que levavam um defunto, filho único; e sua mãe era viúva. Grande multidão da cidade a acompanhava. 13Ao vê-la, o Senhor sentiu compaixão para com ela e lhe disse: 'Não chores!' 14Aproximou-se, tocou o caixão, e os que o carregavam pararam. Então, Jesus disse: 'Jovem, eu te ordeno, levanta-te!' 15O que estava morto sentou-se e começou a falar. E Jesus o entregou à sua mãe. 16Todos ficaram com muito medo e glorificavam a Deus, dizendo: 'Um grande profeta apareceu entre nós e Deus veio visitar o seu povo.' 17E a notícia do fato espalhou-se pela Judéia inteira, e por toda a redondeza.
- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor
Comentário do dia por Santo Ambrósio 
Bispo de Milão, Doutor da Igreja
«Tratado sobre o Evangelho de S. Lucas», 5, 89, 91-92
«Jovem, Eu te ordeno, levanta-te»
Mesmo que os sintomas da morte tenham afastado por completo a esperança de vida, mesmo que os corpos dos defuntos jazam perto do túmulo, ainda assim, à voz de Deus, os cadáveres preparados para a decomposição voltam a erguer-se, recuperam a fala; o filho é devolvido a sua mãe, é chamado do túmulo, é arrancado ao túmulo. Qual é o teu túmulo? São os teus maus hábitos, é a tua falta de fé. É deste túmulo que Cristo te liberta, é deste túmulo que ressuscitarás, se ouvires a Palavra de Deus. Ainda que o teu pecado seja tão grave, que não consigas lavar-te a ti mesmo pelas lágrimas do arrependimento, a Igreja tua Mãe chorará por ti, ela que intervém a favor de todos os seus filhos, qual mãe viúva por seu único filho. Porque se compadece, por uma espécie de dor espiritual que lhe é natural, ao ver os seus filhos serem conduzidos à morte por pecados fatais. […]

Que ela chore, pois, esta Mãe piedosa, e que a multidão a acompanhe; que não seja apenas uma multidão, mas uma multidão considerável, a compadecer-se desta Mãe terna. Então ressuscitarás do túmulo, dele serás libertado; os carregadores deter-se-ão, começarás a falar como um vivo e todos ficarão estupefactos. O exemplo de um só servirá para corrigir muitos, que louvarão a Deus por nos ter concedido tais remédios para evitarmos a morte.

NONO DIA DA NOVENA AO ANJO DA GUARDA- ARAUTOS DO EVANGELHO