amigos 3

CARTÃO

AMIGOS3

Google+ Badge

sábado, 31 de dezembro de 2016

O QUE ESPERAR DE UM NOVO ANO?


FELIZ ANO NOVO!
TE DESEJO MUITA PAZ, AMOR
E FRATERNIDADE!
DEUS ABENÇOE A TODOS!
OBRIGADO POR ME ACOMPANHAR MAIS ESTE ANO!

Um novo ano...

O que esperar de um novo ano?
Muitos esperam milagres, mudanças radicais,
uma força que não sabem de onde virá
e que, num passe de mágica,
transformará um desejo em realidade.
Acreditam ainda que "querer é poder"!
Ledo engano, pois muitos querem tanta coisa
e poucos realmente conseguem ter.

É preciso muito mais do que o simples querer,
é preciso ter os desejos como "objetivos",
traçar metas palpáveis, colocar tijolos na massa.
E por falar em massa, tudo que é durável pede esforço,
as facilidades costumam se transformar em dores,
os atalhos costumam fazer a gente perder tempo.

Determine a sua mudança Sim,
mas não por que é dia 31 ou primeiro.
Determine porque precisamos evoluir constantemente;
e deixar de fumar, emagrecer, ter mais tempo para a vida,
deixar de lado vícios e erros que cometemos,
é dar-se de presente uma vida melhor.

Feliz ano novo todos os dias!
Feliz reflexão e força para mudar.

Eu te desejo além dos votos comuns,
"DETERMINAÇÃO".

A força está ai, dentro de você,
esperando a sua decisão,
respeitando seus limites,
pronto para o novo tempo,
que começa no exato instante em que você diz:
- Eu quero mudar!
Tudo conspira a seu favor!

(Paulo Roberto Gaefke)

EVANGELHO DIÁRIO ARAUTOS DO EVANGELHO


Sábado, 31 de Dezembro de 2016.
Santo do dia: São Silvestre I, Papa; São João Francisco Régis, presbítero 
Cor litúrgica: branco
Evangelho do dia: São João 1,1-18
Primeira leitura: São João 2,18-21
Leitura da Primeira Carta de São João:
18Filhinhos, esta é a última hora. Ouvistes dizer que o Anticristo virá. Com efeito, muitos anticristos já apareceram. Por isso, sabemos que chegou a última hora. 19Eles saíram do nosso meio, mas não eram dos nossos, pois se fossem realmente dos nossos, teriam permanecido conosco. Mas era necessário ficar claro que nem todos são dos nossos. 20Vós já recebestes a unção do Santo, e todos tendes conhecimento. 21Se eu vos escrevi, não é porque ignorais a verdade, mas porque a conheceis, e porque nenhuma mentira provém da verdade.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Salmo 95 (96)
- Cantai ao Senhor Deus um canto novo, cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! Cantai e bendizei seu santo nome! Dia após dia anunciai sua salvação.
R: O céu se rejubile e exulte a terra!
- O céu se rejubile e exulte a terra, aplauda o mar com o que vive em suas águas; os campos com seus frutos rejubilem e exultem as florestas e as matas.
R: O céu se rejubile e exulte a terra!
- Na presença do Senhor, pois ele vem, porque vem para julgar a terra inteira. Governará o mundo todo com justiça, e os povos julgará com lealdade.
R: O céu se rejubile e exulte a terra!
Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 1,1-18
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- A Palavra se fez carne, entre nós ela habitou; e todos os que a acolheram, de Deus filhos se tornaram (Jo 1, 14.12).
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João:
1No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus; e a Palavra era Deus. 2No princípio estava ela com Deus. 3Tudo foi feito por ela e sem ela nada se fez de tudo que foi feito. 4Nela estava a vida, e a vida era a luz dos homens. 5E a luz brilha nas trevas, e as trevas não conseguiram dominá-la. 6Surgiu um homem enviado por Deus; Seu nome era João. 7Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz, para que todos chegassem à fé por meio dele. 8Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz: 9daquele que era a luz de verdade, que, vindo ao mundo, ilumina todo ser humano. 10A Palavra estava no mundo - e o mundo foi feito por meio dela - mas o mundo não quis conhecê-la. 11Veio para o que era seu, e os seus não a acolheram. 12Mas, a todos que a receberam, deu-lhes capacidade de se tornarem filhos de Deus isto é, aos que acreditam em seu nome, 13pois estes não nasceram do sangue nem da vontade da carne nem da vontade do varão, mas de Deus mesmo. 14E a Palavra se fez carne e habitou entre nós E nós contemplamos a sua glória, glória que recebe do Pai como filho unigênito, cheio de graça e de verdade. 15Dele, João dá testemunho, clamando: 'Este é aquele de quem eu disse: O que vem depois de mim passou à minha frente, porque ele existia antes de mim'. 16De sua plenitude todos nós recebemos graça por graça. 17Pois por meio de Moisés foi dada a Lei, mas a graça e a verdade nos chegaram através de Jesus Cristo. 18A Deus, ninguém jamais viu. Mas o Unigênito de Deus, que está na intimidade do Pai, ele no-lo deu a conhecer.
- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

CARTA DE UM ESCRITOR AFRICANO


CARTA DE UM ESCRITOR AFRICANO
Meu irmão branco...
Quando eu nasci era negro.
Quando eu cresci, era negro.
Quando vou ao sol, eu sou negro.
Quando eu estou com frio, eu sou negro.
Quando eu estou com medo, eu sou negro.
Quando eu estou doente, eu sou negro.
Quando eu morrer, eu serei negro.
E você Homem Branco,
Quando você nasceu, era rosa.
Quando você cresceu, era branco.
Quando você vai ao sol,fica vermelho.
Quando você fica com frio, fica roxo.
Quando você está com medo, fica branco.
Quando você fica doente, fica verde.
Quando você morrer, ficará cinza.
Depois de tudo isso Homem Branco, você ainda tem o topete de me chamar de Homem de Cor?

Postado por Claudia Protti
do Livro Sabedoria em Parábolas
Prof. Felipe Aquino

LEITURA ORANTE DO EVANGELHO DO DIA PAULINAS IRMÃ PATRICIA SILVA



LEITURA ORANTE
Lc 2,22-35 - Um Deus por nós
Posted: 28 Dec 2016 06:01 PM PST

Jesus é apresentado no Templo
Iniciar cantando ou rezando:

Cristãos, vinde todos 


Com alegres cantos. 

Ó, vinde, ó, vinde, 

Até Belém.
Vede nascido 
Vosso Rei eterno  



Ó, vinde,  adoremos 


Ó, vinde e adoremos 

Ó, vinde e adoremos o Salvador  


Humildes pastores deixam seu rebanho. 


E alegres acorrem ao Rei do Céu. 

Nós igualmente cheios de alegria.  


O Deus invisível, de eterna grandeza. 


Sob véus de humilhação, podemos ver. 

Deus pequenino, Deus envolto em faixas.  


Nasceu em pobreza, repousando em palhas. 


O nosso afeto lhe vamos dar. 

Tanto amou-nos! 

Quem não há de amá-lo?

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia? 
Leio atentamente, na minha Bíblia,  o texto Lc 2,22-35.
Chegou o dia de Maria e José cumprirem a cerimônia da purificação, conforme manda a Lei de Moisés. Então eles levaram a criança para Jerusalém a fim de apresentá-la ao Senhor. Pois está escrito na Lei do Senhor: "Todo primeiro filho será separado e dedicado ao Senhor." Eles foram lá também para oferecer em sacrifício duas rolinhas ou dois pombinhos, como a Lei do Senhor manda. 
Em Jerusalém morava um homem chamado Simeão. Ele era bom e piedoso e esperava a salvação do povo de Israel. O Espírito Santo estava com ele, e o próprio Espírito lhe tinha prometido que, antes de morrer, ele iria ver o Messias enviado pelo Senhor. Guiado pelo Espírito, Simeão foi ao Templo. Quando os pais levaram o menino Jesus ao Templo para fazer o que a Lei manda, Simeão pegou o menino no colo e louvou a Deus. Ele disse: 
- Agora, Senhor, cumpriste a promessa que fizeste e já podes deixar este teu servo partir em paz. 
Pois eu já vi com os meus próprios olhos a tua salvação, que preparaste na presença de todos os povos: uma luz para mostrar o teu caminho a todos os que não são judeus  e para dar glória ao teu povo de Israel. O pai e a mãe do menino ficaram admirados com o que Simeão disse a respeito dele. Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: 
- Este menino foi escolhido por Deus tanto para a destruição como para a salvação de muita gente em Israel. Ele vai ser um sinal de Deus; muitas pessoas falarão contra ele, e assim os pensamentos secretos delas serão conhecidos. E a tristeza, como uma espada afiada, cortará o meu coração, Maria. 

Refletindo
Depois do seu nascimento, Jesus foi levado por seus pais ao templo, para cumprir o ritual judaico.
A Carta aos Hebreus proclama a Palavra: “ ‘Estou aqui, ó Deus para fazer a tua vontade’.” (Hb 10,9). A Apresentação de Jesus ao Templo revela que ele não veio para fazer coisas, mas ser Deus no meio de nós, ou melhor ainda, “Deus-conosco!”
O grande teólogo Edward Schillebeeckx, que faleceu no dia 23 de dezembro de 2009, afirma que "Deus se revelou em Jesus, conforme a concepção cristã, valendo-se do não-divino do seu ser homem... Jesus partilhou conosco na cruz da fragilidade de nosso mundo. Mas este fato significa que em sua absoluta liberdade e antes de todo tempo, Deus determina quem e como quer ser no seu ser mais profundo, a saber, um Deus dos homens, companheiro de aliança em nosso sofrer e em nossa absurdidade, e companheiro de aliança também no que realizamos de bem. Ele é, em seu próprio ser, um Deus por nós".

2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje?
Meditando
O teólogo Schillebeeckx, citado anteriormente, diz ainda que “Maria é o braço que une a humanidade santa e salvadora de Cristo à nossa humanidade”.
Ela apresentou Jesus no Templo e ali se revelou o Salvador, na voz de Simeão: “eu já vi com os meus próprios olhos a tua salvação, que preparaste na presença de todos os povos: uma luz para mostrar o teu caminho a todos os que não são judeus e para dar glória ao teu povo de Israel”. Os bispos, na Conferência de Aparecida, afirmaram: "Jesus é o Filho de Deus, a Palavra feito carne (cf. Jo 1,14), verdadeiro Deus e verdadeiro homem, prova do amor de Deus aos homens." (DAp 102). 
Tenho um Salvador. Jamais devo perder a esperança e a fé.

3. Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos ou outras orações e concluo com a Oração de São Patrício:
Cristo está comigo, Cristo à minha frente,
Cristo atrás de mim, Cristo em mim,
Cristo à minha direita, Cristo à minha esquerda,
Cristo ao me deitar, Cristo ao me sentar, Cristo ao me levantar,
Cristo no coração de todos os que pensarem em mim,
Cristo na boca de todos os que falarem em mim,
Cristo em todos os olhos que me virem,
Cristo em todos os ouvidos que me ouvirem.

4. Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar é de reconhecimento da salvação que também nós “vimos com nossos próprios olhos”. Ele, Jesus Cristo, é a luz que ilumina o nosso caminho.

Bênção 
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém. 
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém. 
- Abençoe-nos Deus misericordioso Pai e Filho e Espírito Santo. Amém. 

 Ir. Patricia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br

EVANGELHO DIÁRIO ARAUTOS DO EVANGELHO

Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2016.
Santo do dia: São Tomás Becket, Bispo; Beato João Batista Ferreres Boluda, presbítero e mártir
Cor litúrgica: branco
Evangelho do dia: São Lucas 2,22-35
Primeira leitura: São João 2, 3-11
Leitura da Primeira Carta de São João:
Caríssimos, 3Para saber que o conhecemos, vejamos se guardamos os seus mandamentos. 4Quem diz: 'Eu conheço a Deus', mas não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele. 5Naquele, porém, que guarda a sua palavra, o amor de Deus é plenamente realizado. O critério para saber se estamos com Jesus é este: 6quem diz que permanece nele, deve também proceder como ele procedeu. 7Caríssimos, não vos comunico um mandamento novo, mas um mandamento antigo, que recebestes desde o início; este mandamento antigo é a palavra que ouvistes. 8No entanto, o que vos escrevo é um mandamento novo - que é verdadeiro nele e em vós -, pois que as trevas passam e já brilha a luz verdadeira. 9Aquele que diz estar na luz, mas odeia o seu irmão, ainda está nas trevas. 10O que ama o seu irmão permanece na luz e não corre perigo de tropeçar. 11Mas o que odeia o seu irmão está nas trevas, caminha nas trevas, e não sabe aonde vai, porque as trevas ofuscaram os seus olhos.

- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Salmo 95 (96)
- Cantai ao Senhor Deus um canto novo, cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! Cantai e bendizei seu santo nome!
R: O céu se rejubile e exulte a terra!
- Dia após dia anunciai sua salvação, manifestai a sua glória entre as nações, e entre os povos do universo seus prodígios!
R: O céu se rejubile e exulte a terra!
- Foi o Senhor e nosso Deus quem fez os céus: diante dele vão a glória e a majestade, e o seu templo, que beleza e esplendor!
R: O céu se rejubile e exulte a terra!
Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 2, 22-35
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- Sois a luz que brilhará para os gentios e para a glória de Israel, o vosso povo (Lc 2, 32).
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:
22Quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho, conforme a Lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor. 23Conforme está escrito na Lei do Senhor: 'Todo primogênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor.' 24Foram também oferecer o sacrifício - um par de rolas ou dois pombinhos - como está ordenado na Lei do Senhor. 25Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão, o qual era justo e piedoso, e esperava a consolação do povo de Israel. O Espírito Santo estava com ele 26e lhe havia anunciado que não morreria antes de ver o Messias que vem do Senhor. 27Movido pelo Espírito, Simeão veio ao Templo. Quando os pais trouxeram o menino Jesus para cumprir o que a Lei ordenava, 28Simeão tomou o menino nos braços e bendisse a Deus: 29'Agora, Senhor, conforme a tua promessa, podes deixar teu servo partir em paz; 30porque meus olhos viram a tua salvação, 31que preparaste diante de todos os povos: 32luz para iluminar as nações e glória do teu povo Israel.' 33O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele. 34Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: 'Este menino vai ser causa tanto de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição. 35Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma.'
- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

LITURGIA DIÁRIA CATOLICO ORANTE

27 de Dezembro de 2016


SÃO JOÃO EVANGELISTA APÓSTOLO E EVANGELISTA (Branco, Glória, Prefácio do Natal – Ofício da Festa)

Antífona de entrada
Foi João que na ceia repousou sobre o peito do Senhor: feliz o apóstolo a quem foram revelados os segredos do reino e que espalhou por toda a terra as palavras da vida.
Oração do Dia
Ó Deus, que pelo apóstolo são João nos revelastes os mistérios do vosso Filho, tornai-nos capazes de conhecer e amar o que ele nos ensinou de modo incomparável. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

1a Leitura - 1 João 1,1-4
Leitura da primeira carta de são João.
1 1 O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos olhos, o que temos contemplado e as nossas mãos têm apalpado no tocante ao Verbo da vida -
2 porque a vida se manifestou, e nós a temos visto; damos testemunho e vos anunciamos a vida eterna, que estava no Pai e que se nos manifestou -,
3 o que vimos e ouvimos nós vos anunciamos, para que também vós tenhais comunhão conosco. Ora, a nossa comunhão é com o Pai e com o seu Filho Jesus Cristo.
4 Escrevemo-vos estas coisas para que a vossa alegria seja completa.
Palavra do Senhor.

Salmo - 96/97
Ó justos, alegrai-vos no Senhor! 

Deus é rei! Exulte a terra de alegria,
e as ilhas numerosas rejubilem!
Treva e nuvem o rodeiam no seu torno,
que se apóia na justiça e no direito.

As montanhas se derretem como cera
ante a face do Senhor de toda a terra;
e assim proclama o céu sua justiça,
todos os povos podem ver a sua glória.

Uma luz já se levanta para os justos,
e a alegria, pra os retos corações.
Homens justos, alegrai-vos no Senhor,
celebrai e bendizei seu santo nome!

Evangelho - João 20,2-8
Aleluia, aleluia, aleluia. 
A vós, ó Deus, louvamos, a vós, Senhor, cantamos, vos louva o exército dos vossos santos mártires! 

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João.
20 2 Correu e foi dizer a Simão Pedro e ao outro discípulo a quem Jesus amava: "Tiraram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram!"
3 Saiu então Pedro com aquele outro discípulo, e foram ao sepulcro.
4 Corriam juntos, mas aquele outro discípulo correu mais depressa do que Pedro e chegou primeiro ao sepulcro.
5 Inclinou-se e viu ali os panos no chão, mas não entrou.
6 Chegou Simão Pedro que o seguia, entrou no sepulcro e viu os panos postos no chão.
7 Viu também o sudário que estivera sobre a cabeça de Jesus. Não estava, porém, com os panos, mas enrolado num lugar à parte.
8 Então entrou também o discípulo que havia chegado primeiro ao sepulcro. Viu e creu.
Palavra da Salvação.

Oração Sobre as Oferendas
Santificai, ó Deus, as nossas oferendas e concedei-nos haurir nesta ceia os mistérios do Verbo eterno, revelados, por esta mesma fonte, ao apóstolo João. Por Cristo, nosso Senhor.

Antífona de Comunhão
O Verbo se fez carne e habitou entre nós, e da sua plenitude todos nós recebemos (Jo 1,14.16).

Depois da Comunhão
Ó Deus todo-poderoso, nós vos pedimos que o Verbo feito carne, que são João anunciou com seu evangelho, habite sempre entre nós por este mistério que celebramos. Por Cristo, nosso Senhor.

EVANGELHO DIÁRIO ARAUTOS DO EVANGELHO

Terça-feira, 27 de Dezembro de 2016.
Santo do dia: São João, Apóstolo e Evangelista; Santa Fabíola
Cor litúrgica: branco
Evangelho do dia: São João 20,2-28
Primeira leitura: Início da primeira Carta de São João 1,1-4
Início da Primeira Carta de São João:
Carissimos: 1O que era desde o princípio, o que nós ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos tocaram da Palavra da Vida, 2-de fato, a Vida manifestou-se e nós a vimos, e somos testemunhas, e a vós anunciamos a Vida eterna, que estava junto do Pai e que se tornou visível para nós-; 3isso que vimos e ouvimos, nós vos anunciamos, para que estejais em comunhão conosco. E a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho, Jesus Cristo. 4Nós vos escrevemos estas coisas para que a nossa alegria fique completa.

- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Salmo 96 (97)
- Deus é Rei! Exulte a terra de alegria, e as ilhas numerosas rejubilem! Treva e nuvem o rodeiam no seu trono, que se apóia na justiça e no direito.
R: Ó justos, alegrai-vos no Senhor!
- As montanhas se derretem como cera ante a face do Senhor de toda a terra; e assim proclama o céu sua justiça, todos os povos podem ver a sua glória.
R: Ó justos, alegrai-vos no Senhor!
- Uma luz já se levanta para os justos, e a alegria, para os retos corações. Homens justos, alegrai-vos no Senhor, celebrai e bendizei seu santo nome!
R: Ó justos, alegrai-vos no Senhor!
Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 20,2-28
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- A vós, ó Deus, louvamos, a vós, Senhor, cantamos; vos louva o exército dos vossos santos mártires!
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João:
No primeiro dia da semana, 2Maria Madalena saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: "Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram". 3Saíram, então, Pedro e o outro discípulo e foram ao túmulo. 4Os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa que Pedro e chegou primeiro ao túmulo. 5Olhando para dentro, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou. 6Chegou também Simão Pedro, que vinha correndo atrás, e entrou no túmulo. Viu as faixas de linho deitadas no chão 7e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus, não posto com as faixas, mas enrolado num lugar à parte. 8Então entrou também o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo. Ele viu, e acreditou.
- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor

domingo, 25 de dezembro de 2016

EVANGELHO DIÁRIO ARAUTOS DO EVANGELHO- ACENDA SUA VELA PARA O MENINO JESUS E PEÇA A GRAÇA QUE ESTÁ PRECISANDO


Domingo, 25 de Dezembro de 2016.
Santo do dia: Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo
Cor litúrgica: branco
Missa da noite: (DIA 24 À NOITE)Primeira leitura: Isaías 9, 1-6
Salmo: 95 (96)
Segunda leitura: Tito 2, 11-14
Evangelho: São Lucas 2, 1-14

Missa da aurora (dia 25 de madrugada)
Primeira leitura: Isaías 62, 11-12
Salmo: 96 (97)
Segunda leitura: Tito 3, 4-7
Evangelho: São Lucas 2, 15-20
MISSA DO DIA:

Primeira leitura: Isaías 52, 7-10

Leitura do Livro do Profeta Isaías:
7Como são belos, andando sobre os montes, os pés de quem anuncia e prega a paz, de quem anuncia o bem e prega a salvação, e diz a Sião: 'Reina teu Deus!' 8Ouve-se a voz de teus vigias, eles levantam a voz, estão exultantes de alegria, sabem que verão com os próprios olhos o Senhor voltar a Sião. 9Alegrai-vos e exultai ao mesmo tempo, ó ruínas de Jerusalém, o Senhor consolou seu povo e resgatou Jerusalém. 10O Senhor desnudou seu santo braço aos olhos de todas as nações; todos os confins da terra hão de ver a salvação que vem do nosso Deus.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Salmo 97 (98)
- Cantai ao Senhor Deus um canto novo, porque ele fez prodígios! Sua mão e o seu braço forte e santo alcançaram-lhe a vitória.
R: Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.
- O Senhor fez conhecer a salvação, e às nações, sua justiça; Recordou o seu amor sempre fiel 3bpela casa de Israel.
R: Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.
- Os confins do universo contemplaram da salvação do nosso Deus. Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, alegrai-vos e exultai!
R: Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.
- Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa e da cítara suave! Aclamai, com os clarins e as trombetas, ao Senhor, o nosso Rei!
R: Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.
Segunda leitura: Hebreus 1, 1-6
Leitura da Carta aos Hebreus:
1Muitas vezes e de muitos modos falou Deus outrora aos nossos pais, pelos profetas; 2nestes dias, que são os últimos, ele nos falou por meio do Filho, a quem ele constituiu herdeiro de todas as coisas e pelo qual também ele criou o universo. 3Este é o esplendor da glória do Pai, a expressão do seu ser. Ele sustenta o universo com o poder de sua palavra. Tendo feito a purificação dos pecados, ele sentou-se à direita da majestade divina, nas alturas. 4Ele foi colocado tanto acima dos anjos quanto o nome que ele herdou supera o nome deles. 5De fato, a qual dos anjos Deus disse alguma vez: 'Tu és o meu Filho, eu hoje te gerei'? Ou ainda: 'Eu serei para ele um Pai e ele será para mim um filho'? 6Mas, quando faz entrar o Primogênito no mundo, Deus diz: 'Todos os anjos devem adorá-lo!'
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 1, 1-18 ou 1-5.9-14
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- Despontou o santo dia para nós: ó nações, vinde adorar o Senhor Deus, porque hoje grande luz brilhou na terra.
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João:
1No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus; e a Palavra era Deus. 2No princípio estava ela com Deus. 3Tudo foi feito por ela e sem ela nada se fez de tudo que foi feito. 4Nela estava a vida, e a vida era a luz dos homens. 5E a luz brilha nas trevas, e as trevas não conseguiram dominá-la. 6Surgiu um homem enviado por Deus; Seu nome era João. 7Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz, para que todos chegassem à fé por meio dele. 8Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz: 9daquele que era a luz de verdade,  que, vindo ao mundo, ilumina todo ser humano. 10A Palavra estava no mundo - e o mundo foi feito por meio dela - mas o mundo não quis conhecê-la. 11Veio para o que era seu, e os seus não a acolheram. 12Mas, a todos que a receberam, deu-lhes capacidade de se tornarem filhos de Deus isto é, aos que acreditam em seu nome, 13pois estes não nasceram do sangue nem da vontade da carne nem da vontade do varão, mas de Deus mesmo. 14E a Palavra se fez carne e habitou entre nós. E nós contemplamos a sua glória, glória que recebe do Pai como filho unigênito, cheio de graça e de verdade. 15Dele, João dá testemunho, clamando: 'Este é aquele de quem eu disse: O que vem depois de mim passou à minha frente, porque ele existia antes de mim'. 16De sua plenitude todos nós recebemos graça por graça. 17Pois por meio de Moisés foi dada a Lei, mas a graça e a verdade nos chegaram através de Jesus Cristo. 18A Deus, ninguém jamais viu. Mas o Unigênito de Deus, que está na intimidade do Pai, ele no-lo deu a conhecer.
- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor

LEITURA ORANTE DO EVANGELHO DO DIA PAULINAS IRMÃ PATRICIA SILVA


LEITURA ORANTE
Jo 1,1-18 - Deus com rosto de gente pequena
Posted: 24 Dec 2016 06:01 PM PST

- A todos nós que nos encontramos neste ambiente virtual,
paz de Deus, nosso Pai,
a graça e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo,
no amor e na comunhão do Espírito Santo.
- Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
Preparo-me para a Leitura, rezando:
Vinde, cristãos, vinde a porfia
1. Vinde, cristãos, vinde à porfia, cantar um hino de louvor,/
Hino de paz e de harmonia,/  Que os anjos cantam ao Senhor:
Glória a Deus nas alturas! (2x)
2. Foi nesta noite venturosa, em que nasceu o Salvador/
Que os anjos com voz amorosa,/ Deram no céu este clamor:

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente, na Bíblia,  o texto: Jo 1,1-18
No começo aquele que é a Palavra já existia. Ele estava com Deus e era Deus. Desde o princípio, a Palavra estava com Deus. Por meio da Palavra, Deus fez todas as coisas, e nada do que existe foi feito sem ela. A Palavra era a fonte da vida, e essa vida trouxe a luz para todas as pessoas. A luz brilha na escuridão, e a escuridão não conseguiu apagá-la. 
Houve um homem chamado João, que foi enviado por Deus para falar a respeito da luz. Ele veio para que por meio dele todos pudessem ouvir a mensagem e crer nela. João não era a luz, mas veio para falar a respeito da luz, a luz verdadeira que veio ao mundo e ilumina todas as pessoas. A Palavra estava no mundo, e por meio dela Deus fez o mundo, mas o mundo não a conheceu. Aquele que é a Palavra veio para o seu próprio país, mas o seu povo não o recebeu. Porém alguns creram nele e o receberam, e a estes ele deu o direito de se tornarem filhos de Deus. Eles não se tornaram filhos de Deus pelos meios naturais, isto é, não nasceram como nascem os filhos de um pai humano; o próprio Deus é quem foi o Pai deles. 
A Palavra se tornou um ser humano e morou entre nós, cheia de amor e de verdade. E nós vimos a revelação da sua natureza divina, natureza que ele recebeu como Filho único do Pai. João disse o seguinte a respeito de Jesus: 
- Este é aquele de quem eu disse: "Ele vem depois de mim, mas é mais importante do que eu, pois antes de eu nascer ele já existia." Porque todos nós temos sido abençoados com as riquezas do seu amor, com bênçãos e mais bênçãos. A lei foi dada por meio de Moisés, mas o amor e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo. Ninguém nunca viu Deus. Somente o Filho único, que é Deus e está ao lado do Pai, foi quem nos mostrou quem é Deus.
Refletindo
O Evangelho de João lembra o Gênesis quando introduz: “no começo”. Antes da criação, o Filho de Deus – a Palavra – já existia. E foi por meio da Palavra que tudo foi criado. João diz que a Palavra é a fonte da vida e essa Palavra trouxe luz para todas as pessoas. O evangelista diz ainda que “A Palavra estava no mundo, e por meio dela Deus fez o mundo, mas o mundo não a conheceu. “Os que nela creram se tornaram filhos de Deus. E, para se aproximar mais ainda de todas as pessoas “a Palavra se tornou um ser humano e morou entre nós”, na pessoa de Jesus Cristo. Só esta verdade é suficiente para tornar nosso coração imensamente agradecido.


2. Meditação (Caminho) 
O que o texto diz para mim, hoje? Pelo poder do Espírito, tenho muito a agradecer ao Pai. 
O que o texto me diz no momento?
Meditando
Os bispos, na Conferência de Aparecida, disseram os motivos da nossa alegria: “Conhecer a Jesus Cristo pela fé é nossa alegria; segui-lo é uma graça, e transmitir este tesouro aos demais é uma tarefa que o Senhor, ao nos chamar e nos eleger, nos confiou. Com os olhos iluminados pela luz de Jesus Cristo ressuscitado podemos e queremos contemplar o mundo, a história, os nossos povos da América Latina e do Caribe e cada um de seus habitantes.” (DAp 18).
Hoje, vou me retirar por uns bons momentos e recordar tudo que Deus realizou na minha vida, na minha família, no meu trabalho, no estudo, no mundo, no ano que passou.

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus? Faço minha oração pessoal e depois, canto o louvor a Deus com o Padre João Carlos.
Te Deum
 A ti ó Deus, louvamos. A ti, Senhor, cantamos: louvor!
A ti, ó Pai eterno, Se prostra toda Terra: Senhor!

A ti, os anjos cantam, os céus a ti aclamam: louvor! 
Proclamam céus e terra, a tua glória imensa, Senhor!

Santo (santo), Santo (santo),
Santo, Santo, Santo: É o Senhor! Deus dos Exércitos, 
Deus do combate, Deus da vitória, Deus Sabaoh! 

A ti com amor, celebram apóstolos, profetas, ó Pai! 
O harmonioso coro dos mártires te louva, Senhor!
A ti, por toda a terra, proclama a Santa Igreja, ó Pai!
ó Pai onipotente de majestade imensa, Senhor!Santo

Ao Filho, adora a Igreja Deus vivo e verdadeiro, Jesus!
Também dá glória e viva ao Espírito Divino: Senhor!

O Rei da glória, ó Cristo, do Pai Eterno, Filho, Jesus,
Da virgem tu nasceste pra nos salvar vieste, Senhor! Santo

A morte tu sofreste, a morte tu venceste, Jesus,
Aos que têm fé abrindo dos céus o eterno reino, Senhor!

Sentaste à direita de Deus na glória eleito, Jesus!
Nós cremos na tua volta, Virás julgando o povo, Senhor! Santo

Portanto, te pedimos, escuta os que remiste, Jesus,
com sangue precioso. Nos salva, ó Deus bondoso, Senhor!

Alista-nos ó Cristo entre os teus escolhidos, Jesus!
Cantemos tua vitória um dia lá na glória, Senhor! Santo


 4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Vou olhar o mundo e a vida com os olhos de Deus e passar o dia com o coração agradecido ao Pai.


Bênção
Senhor, volta para mim, 
na maneira simples de chegar.
E que te possa descobrir
em todos os presépios e casas,
em todas as manjedouras e berços,
em todas as Marias e Josés.
Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém..


Ir. Patrícia Silva, fsp
patricia.silva@paulinas.com.br

sábado, 24 de dezembro de 2016


Quisera Senhor, neste Natal, armar uma árvore de Natal dentro do meu coração, e nela pendurar, em vez de presentes, os nomes de todos os meus amigos.
Os meus amigos de perto e de longe.
Os antigos e os mais recentes.
Os que vejo a cada dia e os que raramente vejo.
Os sempre lembrados e os às vezes esquecidos.
Aqueles a quem eu conheço profundamente, e aqueles que não são muito conhecidos, a não ser nas aparências.
Os constantes e os inconstantes.
O das horas difíceis e os das horas alegres.
Os que sem querer magoei, e os que sem querer me magoaram.
Os que pouco me devem e aqueles a quem devo muito.
Meus amigos jovens e velhinhos, não esquecendo também das criancinhas, ternas amiguinhas.
E os nomes de todos os que já passaram por minha vida.
Aqueles que eu conheço, sem me conhecerem.
Aqueles que me conhecem, sem que eu os conheça.
Os que me admiram e estimam sem eu saber, e os que admiro e estimo sem lhes dar a entender.

Postado por Claudia Protti
Livro Histórias para meditar
Prof. Felipe Aquino




EVANGELHO DIÁRIO ARAUTOS DO EVANGELHO- ACENDA SUA VELA VIRTUAL PARA O MENINO JESUS E FAÇA SEU PEDIDO

Sábado, 24 de Dezembro de 2016.
Quarta Semana do Advento
Santo do dia: Santa Tarsila, virgem
Cor litúrgica: roxo
Evangelho do dia: São Lucas 1, 67-79
Primeira leitura: Samuel 7,1-5.8-12.14.16
Leitura do Segundo Livro de Samuel:
1Tendo-se o rei Davi instalado já em sua casa e tendo-lhe o Senhor dado a paz, livrando-o de todos os seus inimigos, 2ele disse ao profeta Natã: 'Vê: eu resido num palácio de cedro, e a arca de Deus está alojada numa tenda!' 3Natã respondeu ao rei: 'Vai e faze tudo o que diz o teu coração, pois o Senhor está contigo'. 4Mas, naquela mesma noite, a palavra do Senhor foi dirigida a Natã nestes termos: 5'Vai dizer ao meu servo Davi: 'Assim fala o Senhor: Porventura és tu que me construirás uma casa para eu habitar? 8bFui eu que te tirei do pastoreio, do meio das ovelhas, para que fosses o chefe do meu povo, Israel. 9Estive contigo em toda a parte por onde andaste, e exterminei diante de ti todos os teus inimigos, fazendo o teu nome tão célebre como o dos homens mais famosos da terra. 10Vou preparar um lugar para o meu povo, Israel: eu o implantarei, de modo que possa morar lá sem jamais ser inquietado. Os homens violentos não tornarão a oprimi-lo como outrora, 11no tempo em que eu estabelecia juízes sobre o meu povo, Israel. Concedo-te uma vida tranquila, livrando-te de todos os teus inimigos. E o Senhor te anuncia que te fará uma casa. 12Quando chegar o fim dos teus dias e repousares com teus pais, então, suscitarei, depois de ti, um filho teu, e confirmarei a sua realeza. 14aEu serei para ele um pai e ele será para mim um filho. 16Tua casa e teu reino serão estáveis para sempre diante de mim, e teu trono será firme para sempre'.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Salmo 88 (89)
- Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, de geração em geração eu cantarei vossa verdade! Porque dissestes: 'O amor é garantido para sempre!' E a vossa lealdade é tão firme como os céus.
R: Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor!
- 'Eu firmei uma Aliança com meu servo, meu eleito, e eu fiz um juramento a Davi, meu servidor. Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem, de geração em geração garantirei o teu reinado!'
R: Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor!
- Ele, então, me invocará: 'Ó Senhor,vós sois meu Pai, sois meu Deus, sois meu Rochedo onde encontro a salvação!` Guardarei eternamente para ele a minha graça e com ele firmarei minha Aliança indissolúvel.
R: Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor!
Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 1, 67-79
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- Ó sol da manhã, ó sol de justiça, da eterna luz esplendor: oh, vinde brilhar para o povo sentado na sombra da morte.
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:
67 Zacarias, o pai de João, repleto do Espírito Santo, profetizou, dizendo: 68 'Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo. 69 Fez aparecer para nós uma força de salvação na casa de seu servo Davi, 70 como tinha prometido desde outrora, pela boca de seus santos profetas, 71 para nos salvar dos nossos inimigos e da mão de todos os que nos odeiam. 72 Ele usou de misericórdia para com nossos pais, recordando-se de sua santa aliança 73 e do juramento que fez a nosso pai Abraão, para conceder-nos, 74 que, sem temor e libertos das mãos dos inimigos, nós o sirvamos, 75 com santidade e justiça, em sua presença, todos os nossos dias. 76 E tu, Menino, serás chamado profeta do Altíssimo, pois irás adiante do Senhor para preparar-lhe os caminhos, 77 anunciando ao seu povo a salvação, pelo perdão dos seus pecados. 78 Graças à misericordiosa compaixão do nosso Deus, o sol que nasce do alto nos visitará, 79 para iluminar os que jazem nas trevas e nas sombras da morte, e dirigir nossos passos no caminho da paz.'
- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor

LEITURA ORANTE DO EVANGELHO DO DIA PAULINAS IRMÃ PATRICIA SILVA


LEITURA ORANTE
Lc 1,67-79 - O cântico de Zacarias
Posted: 23 Dec 2016 06:01 PM PST

Em união com todos que se encontram neste ambiente virtual, 
iniciamos nossa Leitura Orante do Advento, com a
Canção do Advento
Ó vem, Senhor, não tardes mais! 
Vem saciar nossa sede de Paz!  
  1.   Ó vem, como chega a brisa do vento, 
Trazendo aos pobres justiça e bom tempo!  
2.   Ó vem, como chega a chuva no chão   
Trazendo fartura de vida e de pão!  
3.   Ó vem, como chega a luz que faltou   
Só tua palavra nos salva Senhor!  
4.   Ó vem, como chega a carta querida   
Bendito carteiro do Reino da Vida!  
5.   Ó vem, como chega o filho esperado   
Caminha conosco Jesus Bem amado!  
6.   Ó vem, como chega o Libertador   
Das mãos do inimigo nos salva Senhor
Veja a melodia desta canção ao lado

1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia ? Leio na minha Bíblia, Lc 1,67-79:
Zacarias, o pai de João, cheio do Espírito Santo, começou a profetizar. Ele disse:
- Louvemos o Senhor, o Deus de Israel, pois ele veio ajudar o seu povo e lhe dar a liberdade.
Enviou para nós um poderoso Salvador, aquele que é descendente do seu servo Davi.
Faz muito tempo que Deus disse isso por meio dos seus santos profetas.
Ele prometeu nos salvar dos nossos inimigos e nos livrar do poder de todos os que nos odeiam.
Disse que ia mostrar a sua bondade aos nossos antepassados e lembrar da sua santa aliança.
Ele fez um juramento ao nosso antepassado Abraão; prometeu que nos livraria dos nossos inimigos
e que ia nos deixar servi-lo sem medo, para que sejamos somente dele e façamos o que ele quer em todos os dias da nossa vida.
E você, menino, será chamado de profeta do Deus Altíssimo e irá adiante do Senhor a fim de preparar o caminho para ele.
Você anunciará ao povo de Deus a salvação que virá por meio do perdão dos pecados deles.
Pois o nosso Deus é misericordioso e bondoso.
Ele fará brilhar sobre nós a sua luz e do céu iluminará todos os que vivem na escuridão da sombra da morte, para guiar os nossos passos no caminho da paz. 

Refletindo
Este cântico de Zacarias é louvor e profecia. Começa com uma aclamação litúrgica: “Louvemos o Senhor”. O hino divide-se em duas partes: a primeira recorda a ação de Deus na história do povo. A segunda parte anuncia o destino do menino João que será profeta de Deus Altíssimo. Zacarias recorda as promessas de Deus por meio dos profetas, da aliança e do juramento feito com Abraão. Diz também que o objetivo disto tudo é “que sejamos somente dele e façamos o que ele quer.

2. Meditação (Caminho) 
O que o texto diz para mim, hoje?
Também eu devo reconhecer a grande graça de ser cristão e discípulo de Jesus Cristo.
Meditando
Nos ajudam neste reconhecimento os bispos em Aparecida:
“Queremos expressar a alegria de sermos discípulos do Senhor e de termos sido enviados com o tesouro do Evangelho. Ser cristão não é uma carga, mas um dom: Deus Pai nos abençoou em Jesus Cristo seu Filho, Salvador do mundo” (DAp 23).

3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus? 
Rezo, com os bispos da América Latina que também fazem uma oração de louvor por Deus que nos amor por primeiro:
“ Bendito seja Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo,
que nos abençoou com toda sorte de bênçãos 
na pessoa de Cristo
(cf. Ef 1,3).
O Deus da Aliança,
rico em misericórdia,
nos amou primeiro;
imerecidamente amou a cada um de nós;
por isso o bendizemos,
animados pelo Espírito Santo, Espírito vivificador,
alma e vida da Igreja.
Ele, que foi derramado em nossos corações,
geme e intercede por nós e,
com seus dons nos fortalece
em nosso caminho de discípulos e missionários”
(DAp 24).

4.Contemplação (Vida e Missão) 
Qual meu novo olhar a partir da Palavra? 
“Somos chamados a encarnar o Evangelho no coração do mundo”(DGAE 2008-2009, no 21). Meu novo olhar é de ação de graças pela vinda de Deus em nosso meio e pela confiança de Deus que me confiar o anúncio de sua presença.

Bênção natalina do papa Francisco
Iluminado pela esperança evangélica que provém da gruta humilde de Belém, 
invoco os dons natalícios da alegria e da paz para todos: 
para as crianças e os idosos, 
para os jovens e as famílias, 
para os pobres e os marginalizados. 
Nascido para nós, 
Jesus conforte quantos suportam a prova da doença e da tribulação; 
sustente aqueles que se dedicam ao serviço dos irmãos mais necessitados. 
Em nome do Pai...


Ir. Patrícia Silva, fsp

patrícia.silva@paulinas.com.br

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

EVANGELHO DIÁRIO ARAUTOS DO EVANGELHO- ACENDA SUA VELA PARA O MENINO JESUS E FAÇA SEU PEDIDO


Sexta-feira, 23 de Dezembro de 2016.

Quarta Semana do Advento
Santo do dia: São João Câncio, presbítero; São Sérvulo, o Paralítico
Cor litúrgica: roxo
Evangelho do dia: São Lucas 1, 57-66
Primeira leitura: Malaquias 3,1-4.23-24Leitura da Profecia de Malaquias:
Assim fala o Senhor Deus: 1 Eis que envio meu anjo, e ele há de preparar o caminho para mim; logo chegará ao seu templo o Dominador, que tentais encontrar, e o anjo da aliança, que desejais. Ei-lo que vem, diz o Senhor dos exércitos; 2 e quem poderá fazer-he frente, no dia de sua chegada? E quem poderá resistir-lhe, quando ele aparecer? Ele é como o fogo da forja e como a barrela dos lavadeiros; 3 e estará a postos, como para fazer derreter e purificar a prata: assim ele purificará os filhos de Levi e os refinará como ouro e como prata, e eles poderão assim fazer oferendas justas ao Senhor. 4 Será então aceitável ao Senhor a oblação de Judá e de Jerusalém, como nos primeiros tempos e nos anos antigos. 23 Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o dia do Senhor, dia grande e terrível; 24 o coração dos pais há de voltar-se para os filhos, e o coração dos filhos para seus pais, para que eu não intervenha, ferindo de maldição a vossa terra.'
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Salmo 24 (25)
- Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos, e fazei-me conhecer a vossa estrada! Vossa verdade me oriente e me conduza, porque sois o Deus da minha salvação!
R: Levantai vossa cabeça e olhai, pois, a vossa redenção se aproxima!
- O Senhor é piedade e retidão, e reconduz ao bom caminho os pecadores. Ele dirige os humildes na justiça, e aos pobres ele ensina o seu caminho.
R: Levantai vossa cabeça e olhai, pois, a vossa redenção se aproxima!
- Verdade e amor são os caminhos do Senhor para quem guarda sua Aliança e seus preceitos. O Senhor se torna íntimo aos que o temem e lhes dá a conhecer sua Aliança.
R: Levantai vossa cabeça e olhai, pois, a vossa redenção se aproxima!
Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 1,57-66
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- Ó rei e Senhor das nações e pedra angular da Igreja, vinde salvar a mulher e o homem, que, um dia, formastes do barro.
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas:
57 Completou-se o tempo da gravidez de Isabel, e ela deu à luz um filho. 58 Os vizinhos e parentes ouviram dizer como o Senhor tinha sido misericordioso para com Isabel, e alegraram-se com ela. 59 No oitavo dia, foram circuncidar o menino, e queriam dar-lhe o nome de seu pai, Zacarias. 60 A mãe porém disse: 'Não! Ele vai chamar-se João.' 61 Os outros disseram: 'Não existe nenhum parente teu com esse nome!' 62 Então fizeram sinais ao pai, perguntando como ele queria que o menino se chamasse. 63 Zacarias pediu uma tabuinha, e escreveu: 'João é o seu nome.' 64 No mesmo instante, a boca de Zacarias se abriu, sua língua se soltou, e ele começou a louvar a Deus. 65 Todos os vizinhos ficaram com medo, e a notícia espalhou-se por toda a região montanhosa da Judéia. 66 E todos os que ouviam a notícia, ficavam pensando: 'O que virá a ser este menino?' De fato, a mão do Senhor estava com ele.
- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor
Comentário do dia por Santo Agostinho (354-430)
Bispo de Hipona (norte de África), Doutor da Igreja
6.º sermão sobre a natividade de João Baptista

«Quantos o ouviam [...] diziam: "Quem virá a ser este menino?"»
Como será a glória do juiz, se a glória do arauto é tão grande? Como será aquele que deve vir como caminho (Jo 14,6), se o que prepara o caminho (Lc 3,6) já é assim? [...] A Igreja considera o nascimento de João especialmente sagrado; não celebramos de forma solene o nascimento de nenhum dos santos que nos precederam, mas apenas os de João e de Cristo. [...] João nasce de uma mulher velha e estéril; Cristo nasce de uma jovem virgem. A idade dos pais não favorecia o nascimento de João; o nascimento de Cristo deu-se sem a união dos sexos. Um é anunciado por um anjo; o outro é concebido à voz de um anjo. [...] O nascimento de João é recebido com incredulidade e seu pai fica mudo; Maria acredita no de Cristo e concebe-O pela fé. [...]
João aparece, pois, como uma fronteira colocada entre os dois Testamentos, o antigo e o novo. É o próprio Senhor quem atesta que ele forma essa espécie de fronteira quando diz: «A Lei e os profetas duraram até João» (Lc 16,16). João representa assim tanto o que é antigo como o que é novo. Porque representa o que é antigo, nasce de dois velhos; porque representa os tempos novos, revela-se como profeta desde o seio de sua mãe (Lc 1,41). [...] Ele aparece como o precursor de Cristo antes mesmo de se verem. Estas coisas são divinas e ultrapassam a capacidade da fraqueza humana.
Por fim, o seu nascimento acontece, ele recebe o nome que lhe fora dado e a língua de seu pai solta-se. Temos de ligar todos estes acontecimentos ao seu simbolismo profundo.