CARTÃO

amigos 3

CARTÃO

CARTÃO

AMIGOS3

Google+ Badge

domingo, 30 de abril de 2017

OS SETE VULTOS- SILVIA SCHMIDT

O s  7  V u l t o s

S i l v i a  S c h m i d t

 Se você não teme o futuro , você não precisa desta mensagem 


Estava um homem sentado num banco de praça
onde sempre costumava ficar por algum tempo.
Ele relaxava olhando as árvores ao sol e ao vento,
as pombas em busca de alimentos, os camelôs vendendo
quinquilharias, os pássaros fazendo ninhos,
as crianças brincando, os sinos da igreja badalando,
velhinhos rolando dados ou jogando dominós.

Subitamente viu-se rodeado por 7 vultos
de rosto encoberto, e um deles lhe disse:
" Nós somos moradores do futuro "

" O que vieram me falar? "
- perguntou ele, sentindo-se incomodado -

Assim, um a um começou a dizer:

1º - Eu sou uma tormenta:
um dia poderei levar tudo que você possui.

2º - Eu sou a fome:
um dia poderei chegar e você conhecerá
uma das maiores dores que assolam o mundo.

3º - Eu sou o desemprego:
um dia poderei visitá-lo e você não
saberá como sobreviver.

4º - Eu sou um incêndio:
um dia poderei deixá-lo sem teto e sem abrigo.

5º - Eu sou a melancolia:
um dia poderei atingi-lo e você perderá a vontade de viver.

6º - Eu sou a solidão:
um dia poderei bater à sua porta e você não terá
companheiros para ouvi-lo ou para conversar.

7º - Eu sou a velhice:
quando eu chegar você estará vazio, doente e sem metas.

De repente, como num turbilhão, os 7 vultos
falavam ao mesmo tempo, atropeladamente.
O homem, antes relaxado e tranquilo, começou a tremer.

Pondo-se a respirar fundo, aos poucos foi se refazendo e,
como num passe de mágica, ele pôde ver os rostos dos 7 vultos.
Eram exatamente iguais ao dele!

Ele, com decisão, disse:
Parem!
Vocês são ladrões da minha paz!
São assaltantes de mentes distraídas!
Vocês são EU mesmo! São meus pensamentos!
Vocês não moram no futuro! Moram na minha cabeça!
Mas nela quem manda sou EU!

... E prosseguiu:

Aqui aprendi com as árvores que a renovação é possível
depois de terem suas folhas levadas.

Aqui aprendi com as pombas que sempre haverá
mais alimento do que pombas famintas.

Aqui aprendi com os camelôs que o empregador
nem sempre é indispensável e que sempre
haverá meios para sobreviver.

Aqui aprendi com os pássaros que, a cada
ninho derrubado, novos ninhos podem ser construídos.

Aqui aprendi com as crianças que não é necessário
nenhum esforço para ser feliz e querer viver.

Aqui aprendi com os sinos que, por mais sós que
estejamos, sempre haverá alguém para nos ouvir.

E aqui aprendi com os velhinhos que metas sempre
são viáveis de serem atingidas, ainda que seja
vencer numa aposta de dados ou num jogo de dominós.

Pouco a pouco aqueles 7 vultos foram mudando
suas pesadas expressões e, abrindo suaves sorrisos,
puseram-se a dizer:

1º - Eu sou a Prosperidade.

2º - Eu sou a Fartura.

3º -Eu sou o Progresso.

4º - Eu sou a Segurança.

5º - Eu sou a Alegria.

6º - Eu sou o Companheirismo.

7º - Eu sou a Certeza de que a Vida é Eterna.


Sentindo que havia dominado os próprios "fantasmas",
o homem saiu caminhando suave e tranquilamente
em direção ao Amanhã.

      
- Que pensamentos estão criando o seu futuro? -