AMIGOS3

CARTÃO

amigos 3

CARTÃO

CARTÃO

Google+ Badge

sexta-feira, 9 de junho de 2017

EVANGELHO DIÁRIO ARAUTOS DO EVANGELHO- ACENDA VELA VIRTUAL AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Sexta-feira, 09 de Junho de 2017.
Santos do dia: São José de Anchieta, presbítero e apóstolo do Brasil
Cor litúrgica: branco
Evangelho do dia: São Marcos 12, 35-37
Primeira leitura: Tobias 11, 5-17
Leitura do Livro de Tobias:
Naqueles dias: 5Ana estava sentada, observando atentamente o caminho por onde devia chegar seu filho. 6Percebeu que ele se aproximava e disse ao pai: 'Teu filho está chegando, e com ele o homem que o acompanhou'. 7Antes que Tobias se aproximasse do pai, Rafael lhe disse: 'Estou certo de que seus olhos se abrirão. 8Aplica-lhe nos olhos o fel do peixe. O remédio fará que as manchas brancas se contraiam e se desprendam de seus olhos. Teu pai vai recuperar a vista e enxergará a luz'. 9Ana correu, atirou-se ao pescoço do filho e disse: 'Voltei à ver-te, meu filho, agora posso morrer!' E chorou. 10Tobit levantou-se e, tropeçando, atravessou a porta do pátio. 11Tobias foi ao seu encontro, tendo na mão o fel do peixe. Soprou-lhe nos olhos e, segurando-o, disse: 'Confiança, pai!' Derramou o remédio e esfregou-o. 12Depois, com ambas as mãos, tirou-lhe as películas dos cantos dos olhos. 13Então Tobit caiu-lhe ao pescoço, chorando e dizendo: 'Eu te vejo, meu filho, luz de meus olhos!' 14E acrescentou: 'Bendito seja Deus! Bendito seja o seu grande nome! Benditos sejam todos os seus santos anjos por todos os séculos! 15Porque, se ele me castigou, agora vejo o meu filho Tobias!' A seguir, Tobit entrou com Ana em sua casa, louvando e bendizendo a Deus em alta voz, por tudo o que lhes tinha acontecido. E Tobias contou ao pai como tinha sido boa a viagem deles, por obra do Senhor Deus, como haviam trazido o dinheiro e como se tinha casado com Sara, filha de Ragüel. Aliás, ela já se aproximava das portas de Nínive. 16Tobit e Ana alegraram-se muito e saíram ao encontro da nora, às portas da cidade. Vendo-o andar a passos largos e com toda a firmeza, sem que ninguém o conduzisse pela mão, os ninivitas se admiraram. 17E diante deles Tobit louvava e bendizia a Deus em alta voz, por ter sido misericordioso para com ele e por lhe ter aberto os olhos. E, aproximando-se de Sara, mulher de seu filho Tobias, abençoou-a e disse: 'Bem vinda sejas, minha filha! E bendito seja o teu Deus, filha, que te trouxe para junto de nós! Abençoado seja o teu pai, abençoado o meu filho Tobias e abençoada sejas tu, minha filha! Entra em tua casa com saúde, a ti bênção e alegria! Entra, minha filha!' E naquele dia foi grande o contentamento entre todos os judeus que se encontravam em Nínive.
- Palavra do Senhor
- Graças a Deus
Salmo 145 (146)
- Bendirei ao Senhor toda a vida, cantarei ao meu Deus sem cessar!
R: Bendize, ó minha alma, ao Senhor!
- O Senhor é fiel para sempre, faz justiça aos que são oprimidos; ele dá alimento aos famintos, é o Senhor quem liberta os cativos.
R: Bendize, ó minha alma, ao Senhor!
- O Senhor abre os olhos aos cegos o Senhor faz erguer-se o caído; o Senhor ama aquele que é justo É o Senhor quem protege o estrangeiro.
R: Bendize, ó minha alma, ao Senhor!
- Ele ampara a viúva e o órfão mas confunde os caminhos dos maus. O Senhor reinará para sempre!Ó Sião, o teu Deus reinará para sempre e por todos os séculos!
R: Bendize, ó minha alma, ao Senhor!
Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 12, 35-37
- Aleluia, Aleluia, Aleluia!
- Quem me ama realmente guardará minha palavra e meu Pai o amará, e a ele nós viremos (Jo 14,23);
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos:
Naquele tempo: 35Jesus ensinava no Templo, dizendo: 'Como é que os mestres da Lei dizem que o Messias é Filho de Davi? 36O próprio Davi, movido pelo Espírito Santo, falou: 'Disse o Senhor ao meu Senhor: senta-te à minha direita, até que eu ponha teus inimigos debaixo dos teus pés'. 37Portanto, o próprio Davi chama o Messias de Senhor. Como é que ele pode então ser seu filho?' E uma grande multidão o escutava com prazer.
- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor
Comentário do dia por São Leão Magno
Papa, Doutor da Igreja
1º sermão para a Natividade do Senhor (trad. breviário)

Filho de David e Senhor dos senhores
Da casa real de David foi escolhida uma virgem para em seu seio carregar uma criança santa, filho simultaneamente divino e humano [...]. O Verbo, a Palavra de Deus, que é o próprio Deus, o Filho de Deus que no «princípio estava em Deus, por quem tudo começou a existir e sem quem nada veio à existência» (Jo 1,1-3), esse Filho fez-Se homem para libertar o homem da morte eterna. Ele desceu até à humildade da nossa condição sem que com isso a sua majestade tivesse sido diminuída. Mantendo-Se o que era e assumindo o que não era, uniu uma verdadeira natureza de servo à natureza segundo a qual é igual ao Pai. Ele juntou tão estreitamente estas duas naturezas que nem a sua glória poderá aniquilar a natureza inferior, nem a união com esta aviltar a natureza superior.
O que é próprio de cada natureza mantém-se integralmente, e reúne-se numa única pessoa: a humildade é acolhida pela sua majestade, a fraqueza pela força, a mortalidade pela eternidade. Para pagar a dívida da nossa condição, a natureza intangível une-se à natureza capaz de sofrer; Deus verdadeiro e homem verdadeiro associam-se na unidade de um só Senhor Jesus. Assim, e porque tal Lhe era preciso para nos salvar, o único «mediador entre Deus e os homens» (1Tim 2,5) poderia morrer pela ação dos homens, e ressuscitar pela ação de Deus [...]
Tal foi, meus bem-amados, o nascimento que conveio a Cristo, «poder e sabedoria de Deus» (1Cor 1,24). Por esse nascimento, deu-Se à humanidade, conservando a preeminência da sua divindade. Se não fosse Deus verdadeiro, não nos traria a salvação. Se não fosse homem verdadeiro, não nos daria o exemplo.
Postar um comentário